Refluxo gastroesofágico: Perguntas frequentes e respostas

3/21/2021

Quando rimos, tossimos ou realizamos exercício físico mais intenso, fazemos uma contração forte da parede abdominal! Isso cria uma pressão dentro do abdome que comprime o estômago de baixo para cima. Então, força o conteúdo alimentar a voltar para esôfago na forma de refluxo de restos alimentares e ácido.

Essa é a justificativa do porquê podemos ter sintomas do refluxo gastroesofágico durante a prática de exercícios físicos. Aliás, acontece principalmente quando envolve exercícios que aumentam muito a pressão intra-abdominal, como agachamento, leg-press, levantamento de pesos maiores.

Dessa forma, o recomendável é ter um intervalo apropriado entre a refeição e o início das atividades físicas. Assim, é possível diminuir o volume de conteúdo gástrico durante o exercício.

 

É verdade que dependendo de como deitamos podemos ter refluxo? Entenda por que o refluxo piora à noite

Quando estão deitadas para o lado direito do corpo as pessoas conseguem arrotar com mais facilidade. Consequentemente, o refluxo também é mais fácil de ocorrer se o indivíduo estiver deitado do lado direito. Dessa forma, se for possível, quem tem refluxo noturno deveria evitar deitar-se virado para o lado direito.

Outro detalhe é a inclinação da cabeceira da cama! Quanto mais alta estiver a parte superior do corpo, mais fácil é para controlar o refluxo gastroesofágico de subir. Afinal, a força da gravidade ajuda a manter o conteúdo alimentar no estômago.

Uma dica interessante é colocar um calço de madeira nos pés da cabeceira da cama para criar esta inclinação. Esse calço de madeira não precisa ter mais do que 8 cm.

Refluxo pode causar dor no peito?

 

O refluxo gastroesofágico pode causar o sintoma de dor no peito parecido com o de uma pontada ou aperto de variável intensidade. Inclusive, pode ser sentido na garganta também. Geralmente, essa dor no peito ocorre de forma súbita e dura alguns minutos, mas pode durar até 2h ou 3h.

O mais importante nessa situação é descartar a causa cardiológica da dor, como infarto do coração, por exemplo. Vale principalmente para aqueles que possuem fatores de risco para doenças do coração, como fumantes, obesos e sedentários.

E o que causa essa dor no esôfago?

A dor esofágica é desencadeada por forte contração da musculatura da parede do esôfago, semelhante a uma câimbra. Essa contração intensa do esôfago, pode ser uma doença motora do órgão, como a pseudodiverticulose espástica ou esôfago quebra-nozes.

No entanto, a causa mais frequente da dor é o refluxo gastroesofágico. Assim, fazendo com que ácidos e resíduos alimentares que sobem do estômago para o esôfago queimem o revestimento mucoso do interior do órgão. Então, essa agressão acaba sendo o gatilho para a contração, como se fosse uma tentativa do esôfago empurrar o ácido para baixo na direção do estômago.

É preciso de uma avaliação do cardiologista para descartar causa cardíaca da dor no peito. De fato, é importante ser avaliado por um especialista na área do aparelho digestivo para continuar a investigação e iniciar o tratamento necessário.

Refluxo pode causar tosse?

Não sabe qual é a relação do refluxo com tosse? Eu explico aqui

Tratamento do refluxo gastroesofágico

Na grande maioria dos casos, os pacientes são submetidos a tratamento clínico com medicamentos e recomendações comportamentais e dietéticas. Desse modo, a taxa de sucesso e melhora dos sintomas do refluxo é elevada.

No entanto, existe uma minoria dos pacientes que não apresentam melhora somente com os medicamentos. Aliás, alguns tornam-se dependentes desses remédios, não conseguindo ter qualidade de vida sem tomá-los diariamente.

Nestes casos, pode-se avaliar a possibilidade de um tratamento cirúrgico mais definitivo. Saiba mais sobre a cirurgia de refluxo ou também chamada cirurgia para hérnia de hiato.

Quais os principais alimentos que causam refluxo?

 

  • CAFÉ
  • CHÁ PRETO E MATE
  • COMIDAS GORDUROSAS E FRITURAS
  • CHOCOLATE
  • LEITE INTEGRAL
  • BEBIDAS GASOSAS
  • MENTA
  • SHOYU
  • MOLHO DE TOMATE PRONTO
  • TEMPERO PRONTO
  • VINHO TINTO
  • ENLATADOS
  • EMBUTIDOS
  • SALGADOS FRITOS
  • CONDIMENTOS
  • PIMENTÃO E PIMENTA
  • DOCES
  • KETCHUP, MOSTARDA e MAIONESE TEMPERADA
  • CEBOLA CRUA
  • ALHO CRU

 

Faça o download dessa dieta contra o refluxo.

Referências:

  • Patti MG. An Evidence-Based Approach to the Treatment of Gastroesophageal Reflux Disease. JAMA Surg. 2016;151(1):73–78. DOI: 10.1001/jamasurg.2015.4233
  • Sandhu DS, Fass R. Current Trends in the Management of Gastroesophageal Reflux Disease. Gut Liver. 2018;12(1):7-16. DOI: 10.5009/gnl16615
  • Iwakiri K, et al. Evidence-based clinical practice guidelines for gastroesophageal reflux disease 2015. J Gastroenterol. 2016 Aug;51(8):751-67. DOI: 10.1007/s00535-016-1227-8

Agende sua consulta agora.

Obrigado. Em breve entraremos em contato.
Ops... Alguma coisa deu errada. Tente atualizar a página.