Câncer de Intestino: Tudo o que você precisa saber sobre

5/10/2022

O câncer de intestino ou colorretal são tumores malignos que se localizam no intestino grosso e no reto, que se não tratados adequadamente no tempo certo podem gerar uma doença disseminada e causar o óbito do paciente. Por isso que escrevi esse texto informativo para explicar os principais pontos que todos nós devemos saber para conseguirmos prevenir e diagnosticar precocemente o câncer de intestino.

 

O câncer de intestino é tratável e curável na maioria dos casos que é descoberto precocemente, antes de desenvolver as metástases. Geralmente, o tumor intestinal se inicia a partir de pólipos benignos localizados dentro da parte interna do intestino, que ao crescerem e sofrerem mutações se tornam malignos.

 

QUAL A FREQUÊNCIA DO CÂNCER DE INTESTINO?

A incidência do câncer de intestino grosso e reto eleva-se progressivamente a cada ano. É o terceiro câncer mais frequente em homens, após o de próstata e o de pulmão, é o segundo entre as mulheres, após o câncer de mama. No Brasil, o Instituto Nacional do Câncer (INCA) estimou em 2020 o número de 40.990 novos casos somente naquele ano.

QUAIS O FATORES DE RISCO PARA CÂNCER COLORRETAL?

Os principais fatores relacionados ao maior risco de desenvolver câncer do intestino são: 

  • Idade igual ou acima de 50 anos;
  • Obesidade;
  • Dieta com poucas fibras no dia a dia;
  • Dieta com embutidos e carne vermelha na rotina;
  • História familiar de câncer de intestino;
  • História pessoal ou familiar de câncer de mama, ovário ou endométrio (útero);
  • Retocolite ulcerativa e Doença de Crohn;
  • Poliposes genéticas familiares;
  • Exposição frequente a radiação;
  • Tabagismo;
  • Alcoolismo.

COMO PREVENIR O CÂNCER DE INTESTINO?

As principais medidas comportamentais e dietéticas para prevenir o câncer de intestino são:

  • Educação alimentar para manter peso corporal adequado;
  • Praticar regularmente atividades físicas;
  • Consumir na rotina diária alimentos frescos como legumes, frutas, verduras, grãos integrais e sementes;
  • Evitar consumo de carnes processadas e embutidos;
  • Não fumar;
  • Consumir bebida alcóolica com moderação.

QUAIS OS SINTOMAS DO CÂNCER DE INTESTINO?

Infelizmente, como na maioria dos tumores do aparelho digestivo, quando o câncer do intestino manifesta sintomas já se passou da fase inicial do seu desenvolvimento. Quais os sintomas mais frequentes dos tumores intestinais:

  • Presença de sangue nas fezes;
  • Presença de muco nas fezes;
  • Mudança do padrão do hábito intestinal, podendo ser diarreia ou intestino preso;
  • Dor abdominal em cólica;
  • Perda de peso progressiva sem causa aparente;
  • Fezes muito finas;
  • Sensação de evacuação incompleta (existe a vontade de evacuar mas não sai fezes, ou sai muito pouco).

 

É importante salientar que na maioria dos esses sintomas não são causados por câncer colorretal, mas é fundamental ser avaliado por um especialista para descartar essa hipótese. 

Just do it... yourself: At-home colorectal cancer screening - Harvard Health

COMO DETECTAR O CÂNCER DO INTESTINO PRECOCEMENTE?

 

A idéia de buscarmos fazer um diagnóstico precoce por meio de um rastreio ativo é a melhor estratégia para conseguirmos identificar tumores em fase inicial e proporcionarmos bom resultados no tratamento e até mesmo a cura. Esse rastreamento pode ser realizado através do exame de Pesquisa de Sangue Oculto nas fezes, no entanto, o melhor exame para diagnosticar o câncer do intestino é a colonoscopia.

A colonoscopia é um exame que possibilita o acesso a diagnóstico de quase todas as doenças do reto e intestino grosso. Nesse exame é introduzida uma câmera pelo reto e pode-se identificar lesões suspeitas e retirar pólipos pré-cancerígenos. 

Clique aqui e saiba mais sobre o exame de colonoscopia.

QUANDO COMEÇAR A FAZER COLONOSCOPIA?

Teoricamente, todas as pessoas com 50 ou mais anos deve fazer colonoscopia para rastrear e prevenir o câncer colorretal. Alguns consensos estão recomentando iniciar a partir dos 45 anos.

Agora quem tem sintomas de alarme ou possui os fatores de riscos citados acima pode iniciar o rastreio de colonoscopia ainda mais cedo, dependendo da avaliação criteriosa do especialista em coloproctologia.

O CÂNCER DE INTESTINO TEM CURA?

O câncer de intestino é uma doença tratável e curável se diagnosticado em fase inicial. O tratamento visa um procedimento cirúrgico com retirada do segmento do intestino afetado pelo câncer com margens de segurança, além da retirada dos linfonodos (gânglios linfáticos) da região comprometida. Outras etapas do tratamento podem ser a quimioterapia e a radioterapia, a depender de cada caso, com a finalidade de prevenir de o tumor “voltar”.

O plano de tratamento depende da localização, tamanho, e grau de extensão do tumor. Infelizmente, quando a doença está espalhada, com metástases para outros órgãos como o fígado e pulmão as chances de cura são reduzidas.

O acompanhamento médico para monitoramento de recidivas ou novos tumores é obrigatório por um período de 5 anos. Nesse seguimento são realizados exames de imagem como tomografias, colonoscopia e marcadores tumorais periodicamente para um controle rigoroso da doença.

Esse texto tem por finalidades trazer informações adicionais sobre o tema câncer de intestino e reforçar a importância da prevenção e diagnóstico precoce. Caso necessário procure um médico qualificado com título de especialista para avaliação.

Referências bibliográficas:

  1. Dekker E, Tanis PJ, Vleugels JLA, Kasi PM, Wallace MB. Colorectal cancer. Lancet. 2019 Oct 19;394(10207):1467-1480. DOI: 10.1016/S0140-6736(19)32319-0.
  2. Baidoun F, Elshiwy K, Elkeraie Y, Merjaneh Z, Khoudari G, Sarmini MT, Gad M, Al-Husseini M, Saad A. Colorectal Cancer Epidemiology: Recent Trends and Impact on Outcomes. Curr Drug Targets. 2021;22(9):998-1009. DOI: 10.2174/1389450121999201117115717.
  3. The Lancet Gastroenterology Hepatology. Colorectal cancer screening: is earlier better? Lancet Gastroenterol Hepatol. 2018 Aug;3(8):519. DOI: 10.1016/S2468-1253(18)30205-X

Agende sua consulta agora.

Obrigado. Em breve entraremos em contato.
Ops... Alguma coisa deu errada. Tente atualizar a página.